Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

HEMOBILIA COM EXPLOSAO DE VESICULA BILIAR EM DOENTE COM TRANSPLANTE RENAL

Introdução

A hemobilia é definida como o sangramento para a árvore biliar decorrente de uma comunicação anormal entre um vaso sanguíneo e o ducto biliar causando hemorragia digestiva alta. O primeiro caso descrito na literatura de hemobilia secundária a um trauma abdominal penetrante foi descrito por Glisson em 1654. Em 1948 Sandblom foi o primeiro a utilizar o termo hemobilia

Material e Método

Doente de 36 anos, masculino com histórico de disfunção renal desde os 17 anos por infecção urinaria de repetição. O quadro evoluiu para falência renal tendo iniciado hemodiálise em 1998. Em 1999 realizou transplante renal em 1999 doador vivo (tia) no Hospital do Rim/UNIFESP.
Em 2019, devido a falência progressiva de enxerto foi indicada a diálise, iniciando hemodiálise. O acesso cervical não foi obtido sendo então optado pelo acesso femural direito com sucesso porem, evoluiu com importante hematoma em região lombar. A tomografia computadorizada evidenciou hematoma retroperitoneal direito. Nesta internação apresentou insuficiência respiratória por pneumonia sendo internado na UTI. Após melhora do quadro foi transferido ao Hospital do Rim/UNIFESP. Já na nossa instituição apresentou abdome agudo e uma nova tomografia abdominal, evidenciou vesícula biliar distendida com paredes espessadas e conteúdo hiperdenso em seu interior, sugerindo conteúdo hemático, que extravasava para a cavidade abdominal, com diagnóstico de explosão de vesícula biliar, além de uma coleção retroperitoneal à esquerda (338 ml) e liquido livre na cavidade. O achado intra-operatório evidenciou vesícula biliar rota com conteúdo hemático bilioso (coágulos + bile) em seu interior e na cavidade abdominal além coágulos ao redor do fígado. A colecistectomia foi realizada com lavagem da cavidade abdominal e drenagem da cavidade abdominal. O doente evoluiu bem tendo recebido alta cirúrgica no 4 pós-operatório

Resultados

A clássica tríade de sintomas e sinais de hemobilia são: dor abdominal hemorragia gastrointestinal alta e icterícia é também conhecida como Síndrome de Quineke . Os sinais e sintomas e de uma volumosa hemobilia são: melena, hematêmese, cólica biliar e icterícia.

Discussão e Conclusões


Os autores apresentam um caso raro de complicações graves da hemobilia tardia em doente transplantado renal e insuficiência renal causando abdome agudo com necrose e rotura da vesícula biliar.

Palavras Chave

Abdome Agudo, Hemobilia, Transplante Renal

Área

Multiprofissional: Outras áreas

Instituições

FUNDAÇÃO OSVALDO RAMOS - HOSPITAL DO RIM - Sao Paulo - Brasil

Autores

FERNANDO AUGUSTO MATAVELLI, ALESSANDRO DE RINALDIS, LAERCIO GOMES LOURENCO