Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

OLIGURIA COMO FATOR DE RISCO PARA DESFECHOS DESFAVORAVEIS EM PACIENTES COM LEPTOSPIROSE

Introdução

A leptospirose apresenta um grande espectro de apresentações clínicas, incluindo a lesão renal aguda (LRA) que pode ser diagnosticada por exames bioquímicos e quantificação do volume urinário. O objetivo deste estudo é investigar se a presença de oligúria é um fator importante associado a desfechos desfavoráveis na leptospirose.

Material e Método

Estudo retrospectivo de pacientes com leptospirose, admitidos em três hospitais terciários de Fortaleza, Ceará, entre os anos de 1985 e 2018. A partir de dados coletados em seus prontuários médicos, foram avaliados dados demográficos, clínicos e laboratoriais e incidência de desfechos desfavoráveis, como presença de LRA e sua gravidade, hemodiálise e número de sessões, e óbito. A LRA foi determinada a partir de critérios do KDIGO. Os pacientes foram divididos em dois grupos, oligúricos e não oligúricos, e depois foram comparados os parâmetros clínicos e laboratoriais entre os diferentes grupos. A regressão logística foi usada para avaliar associação da presença de oligúria com desfechos desfavoráveis.

Resultados

Um total de 488 pacientes foram avaliados, sendo 405 (82,9%) do sexo masculino. 133 (27,3%) pacientes foram incluídos no grupo oligúrico, e 355 (72,7%) indivíduos foram não oligúricos. O grupo oligúrico apresentou maior frequência de hiponatremia (83,8% vs. 71,8%; p = 0,015), de LRA estágio 3 (83,5% vs. 61,4%; p < 0,001) e de hemodiálise (52,7% vs. 30,4%; p < 0,001), além de necessidade de maior número de sessões de hemodiálise (5,32 ± 6,16 vs. 2,18 ± 3,06; p < 0,001). Na análise de regressão logística, a oligúria se associou a maior risco para hiponatremia (OR: 2,032; IC95%: 1,141-3,619), necessidade de hemodiálise (OR: 2,548; IC95%: 1,689-3,845), necessidade de hemodiálise no grupo com hiponatremia (OR: 3,589; IC95%: 2,321-5,551), LRA estágio 3 (OR: 3,183; IC95%: 1,813-5,59) e óbito (OR: 2,767; IC95%: 1,601-4,780).

Discussão e Conclusões

Pacientes com leptospirose e oligúricos apresentam risco aumentado para desfechos desfavoráveis graves como necessidade de hemodiálise e óbito.

Palavras Chave

Leptospirose, Lesão Renal Aguda, Oligúria

Área

Lesão Renal Aguda

Instituições

Universidade Federal do Ceará - Ceara - Brasil

Autores

Pedro Eduardo Andrade de Carvalho Gomes, Gabriela Studart Galdino, Gdayllon Cavalcante Meneses, Sávio de Oliveira Brilhante, Matheus Marques Martins Alexandre, Vittória Nobre Jacinto, Alvaro Rolim Guimaraes, Caio Manuel Caetano Adamian, Geraldo Bezerra Da Silva Junior, Elizabeth De Francesco Daher