Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

DIALISE PERITONEAL URGENT START X PLANEJADA – CARACTERISTICAS E DESFECHOS AO LONGO DO PRIMEIRO ANO DE TERAPIA

Introdução

A diálise peritoneal Urgent Start (DP- US) tem sido proposta como uma opção segura para o início da diálise naqueles pacientes com urgência em iniciar o tratamento. Esta vem apresentando resultados semelhantes quando comparada com a DP planejada em inúmeros estudos. Nosso objetivo é comparar as características e desfechos dos pacientes incidentes em DP-US e DP planejada (DP-plan) durante o primeiro ano de terapia.

Material e Método

Pacientes incidentes DP de maneira urgente ou planejados entre outubro/2016 e Abril/2018 foram incluídos nas análises. Aqueles que realizaram hemodiálise (HD) mais de 90 dias antes da DP foram excluídos das análises. Características demográficas, comorbidades (hipertensão e diabetes), técnica de implante e os desfechos (sobrevida da técnica e taxas de hospitalização) durante o primeiro ano em diálise foram avaliados em ambos grupos. Para análises de sobrevida da técnica, apenas as causas de dropout negativas foram consideradas (saída para HD e óbito). Curvas de Kaplan-Meier foram construídas para avaliar os desfechos ao longo do seguimento.

Resultados

Resultados: No período analisado, 79 pacientes foram admitidos no setor de DP, 5 realizaram HD por mais de 90 dias e 4 implantaram o cateter mas desistiram da terapia antes de iniciarem, todos foram excluídos das análises. Setenta pacientes foram analisados (46 DP-US e 24 DP planejada). A idade média foi de 54,4±14,7 anos, 51,4% eram do sexo feminino, 85,7% eram da raça branca e 51,4% estudaram até o ensino fundamental completo. Considerando as comorbidades, 88,6% eram hipertensos e 45,7% diabéticos. Os grupos DP-US e DP-plan se mostraram semelhantes em termos destas características. A técnica de Seldinger modificada foi usada em 76,1% dos pacientes US-DP x 45,8% naqueles da DP-plan (p=0,007). A sobrevida da técnica e a taxa de internação hospitalar não foi diferente entre os grupos (Kaplan Meier log rank-p=0.64 e 0,4 respectivamente).

Discussão e Conclusões

As características demográficas e comorbidades dos pacientes incidentes em DP de forma urgente ou planejada foram semelhantes. Aqueles pacientes que iniciaram de forma urgente o tratamento tiveram em maior proporção o cateter de Tenckhoff implantado pela técnica de Seldinger. A sobrevida da técnica e as taxas de hospitalização no primeiro ano em diálise não foram diferentes em relação a forma de início da DP, se urgente ou planejada.

Palavras Chave

Diálise peritoneal, Urgent Start, Diálise planejada

Área

Nefrologia Clínica

Instituições

Centro de Tratamento de Doenças Renais de Joinville - Santa Catarina - Brasil, Fundação Pró-Rim - Santa Catarina - Brasil, Univille - Santa Catarina - Brasil

Autores

Viviane Calice-Silva, Gabriela Sevignani, Helen Caroline Ferreira, Fabiana Baggio Nerbass, Marcos Alexandre Vieira