Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

GLOMERULOPATIA COLAPSANTE E VARIANTES PATOGENICAS EM COQ2

Introdução

A glomerulopatia colapsante (GC) foi inicialmente descrita em afro-americanos com rápida progressão para doença renal terminal (DRT) e associada à presença de genótipo de alto risco de APOL1. Posteriormente, variantes patogênicas em ZMPSTE24, TRPC6, ACTN4, ADCK4, COQ2 e COQ6 foram também relacionadas causativamente ao desenvolvimento da GC na faixa etária pediátrica.

Material e Método

Caso clínico

Resultados

Filho masculino de pais não consanguíneos, apresentou síndrome nefrótica (SN) aos 10 meses, caracterizada por oligúria, ganho de 15,7% do peso referido de 8,9 kg (p42.1%) e PA de 80/60 mmHg (p37%/p98%). Os exames iniciais mostravam albumina de 1,2 g/dL, creatinina de 0,2 mg/dL, C3 e C4 normais, proteína/creatinina urinária de 46,7 e urina I com 10 hemácias/campo. Sorologias negativas para hepatite A, B, C, CMV, EBV, Toxoplasmose, Herpes I e II, HIV e sífilis, com IgG positiva para CMV. Biópsia renal revelou glomérulos aumentados, hipertrofia e hiperplasia de podócitos, ausência de crescentes, aumento de matriz mesangial, obliteração e colapso de segmentos capilares, fibrose túbulo-intersticial discreta e túbulos dilatados. Imunofluorescência negativa para IgA, IgG, IgM, C3, C1q, kappa, lambda e fibrinogênio. A microscopia eletrônica demonstrou intensa hiperplasia mitocondrial, achado consistente com GC. Não foi observada resposta a corticoide, ciclosporina e reposição de coenzima Q10, esta introduzida aos 1,2 anos. Evoluiu com DRT, iniciando diálise peritoneal (DP) aos 1,8 anos. Apresentou parada cárdio-respiratória rapidamente revertida ao implante do cateter de DP, evoluindo com sequelas neurológicas importantes. Avaliação por painel customizado de 42 genes relacionados a SN identificou variantes provavelmente patogênicas em heterozigose composta em COQ2 [c.424C>G (p.Pro142Ala) e c.1147T>C (p.Phe383Leu)], associadas respectivamente a escores 1 e 0,99 por Polyphen-2. Ambas as substituições de aminoácidos posicionam-se no domínio proteico Pfam UbiA, em regiões conservadas até Saccharomyces cerevisiae, não tendo sido associadas a GC previamente.

Discussão e Conclusões

Variantes patogênicas em vários genes que codificam proteínas mitocondriais associam-se a GC. O achado de alterações mitocondriais na biópsia renal deste paciente são consistentes com as variantes encontradas em COQ2. A evolução para DRT e o agravo neurológico apesar da reposição de Coenzima Q10 podem estar relacionados ao início relativamente tardio do tratamento e à deficiência possivelmente intensa desta coenzima.

Palavras Chave

glomerulopatia colapsante, COQ2, Coenzima Q10, Sindrome nefrotica

Área

Doenças do Glomérulo

Instituições

Disciplina de Medicina Molecular da Universidade de São Paulo - Sao Paulo - Brasil, Disciplina de Nefrologia da Universidade de São Paulo - Sao Paulo - Brasil, Divisão de Nefrologia da Universidade Federal do Espirito Santo - Espirito Santo - Brasil, DIvisão de Patologia da Universidade Federal de Minas Gerais - Minas Gerais - Brasil, Instituto da Criança e do Adolescente da Universidade de São Paulo - Sao Paulo - Brasil, Instituto de Nefropatologia - Minas Gerais - Brasil, Serviço de Nefrologia Pediatrica da Universidade Federal do Espirito Santo - Espirito Santo - Brasil

Autores

Stanley A Araujo, Maria Isabel Santos, Precil D Neves, Andreia Watanabe, Andressa C Vieira, David C Wanderley, Fernanda M Franzin, Weverton M Luchi, Elieser Hitoshi Watanabe, Luiz Fernando Onuchic