Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

HIPERCALCEMIA SECUNDARIA AO USO DE SUPLEMENTO VETERINARIO E APLICAÇAO DE POLIMETILMETACRILATO: UMA CAUSA INCOMUM

Introdução

Os padrões de beleza da sociedade mudaram ao longo do tempo. A idéia do corpo perfeito e sua busca levam alguns indivíduos a submeterem-se a procedimentos múltiplos, por vezes prejudiciais. O consumo de esteroides anabolizantes, suplementos e produtos similares por fisiculturistas e atletas cresce a cada dia. Entre muitas substâncias, destacamos as Injeções de cosméticos como silicone e polimetilmetacrilato e suplementos veterinários como ADE - que contém altas doses de vitamina A, D e E para aumentando do volume muscular. Aqui relatamos o caso de uma jovem com quadro de hipercalcemia secundária ao uso de suplemento veterinário e injeção de silicone.

Material e Método

-

Resultados

Relato: E.P.B, 30 anos, feminina, natural e procedente de São Paulo, admitida no serviço assintomática para investigação de hipercalcemia em exames de rotina. Relatava uso abusivo prévio de diversas substâncias incluindo suplemento veterinário injetável contendo altas doses de Vitamina A,D e E (ADE) e procedimentos estéticos prévios sendo um deles aplicação de polimetilmetacrilato no glúteo. Na admissão observado Cr: 2,7 ( Cr basal: 2,2 mg/dl ), Cai: 1,63 (VR: 1,15-1,32), Fósforo: 3,2, PTH: 7,6 pg/ml ( VR: 15,0 – 65,0 ), 25 OH-VIT D:60,1 ( VR: < 30 pg/dl ). Vit.A: 1,5mg/L(VR: 0,3-0,7). Constatada hipercalcemia PTH independente sendo prosseguida investigação, solicitado 1,25 OH Vit D: 115,0 pg/mL(VR: 19,9 – 79,3). Os exames de imagem excluiram possibilidade de doença granulomatosa,malignidade.

Discussão e Conclusões

A hipercalcemia causada por injeções cosméticas pode ser grave e ameaçar a vida e pode se apresentar anos após o procedimento inicial. O granuloma associado à injeção de cosméticos como polimetilmetacrilato deve ser considerado como uma causa de hipercalcemia, especialmente em mulheres de meia-idade apresentando hipercalcemia não maligna mediada por PTH, que é freqüentemente associada a calcitriol elevado. Relatamos um caso infrequente de hipercalcemia, secundária ao uso de suplemento veterinário contendo altas doses de Vitamina D e A e de uso de polimetilmetacrilato, onde a exclusão de outras causas mais comuns de hipercalcemia se sobressairam antes do diagnóstico final. Talvez com o aumento no número de procedimentos estéticos realizados de maneira inadvertida casos como esse tornem-se cada vez mais corriqueiros na prática clínica, sendo necessário boa investigação para esclarecimento diagnóstico. O fato da etiologia dessa hipercalcemia nesse caso ser pouco frequente na literatura ressalta a importância desse relato.

Palavras Chave

Hipercalcemia, Silicone, Corpo Estranho

Área

Nefrologia Clínica

Instituições

UNIFESP - Sao Paulo - Brasil

Autores

Brenno Sousa Andrade, Diogo Dantas Marques, Diego Ennes Gonzalez, Wallace Stwart Carvalho Padilha, Marcelino de Souza Durão Junior