Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


TÍTULO

PERFIL EPIDEMIOLOGICO DOS PACIENTES PEDIATRICOS SUBMETIDOS A TRATAMENTO CIRURGICO DEVIDO A PNEUMONIA NECROSANTE EM UM HOSPITAL GERAL DE ALTA COMPLEXIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE

OBJETIVO

Introdução: A pneumonia necrosante é uma complicação rara, porém grave, da pneumonia, sendo responsável por elevada morbimortalidade na população pediátrica. Objetivo: Este artigo visa abordar a evolução das crianças submetidas ao tratamento cirúrgico devido à pneumonia necrosante, enfatizando os aspectos da evolução clínico-cirúrgica, manifestações clínicas, agentes etiológicos e o tipo de cirurgia realizada.

MÉTODO

Método: Estudo quantitativo, observacional transversal com delineamento retrospectivo. A população deste estudo foi composta por crianças submetidas ao tratamento cirúrgico devido à pneumonia necrosante no período de fevereiro de 2006 a julho de 2013 em um hospital geral de alta complexidade do Extremo Sul Catarinense, com amostra de 27 crianças.

RESULTADOS

Resultados: Dos 27 pacientes analisados, 16(59,3%) foram do sexo feminino, sendo 88,9% (24) brancos. A mediana da idade foi 3 anos (2,25-4,16). Os 27 pacientes (100,0%) não possuíam comorbidades. Vinte e cinco pacientes (92,6%) apresentaram febre e 17 pacientes (63,0%) tosse. Em 9 pacientes (33,3%) o lobo pulmonar inferior esquerdo foi o mais acometido. Os agentes etiológicos mais encontrados foram Staphylococcus aureus, em 4 pacientes (16,6%). Todos os pacientes foram submetidos a drenagem torácica fechada previamente ao tratamento cirúrgico e foram submetidos a toracotomia com decorticação pulmonar, e em 1 caso (4%) foi necessário lobectomia. Quatorze pacientes (51,9%) tiveram fístula broncopleural pré-operatória e 13 (48,1%) no pós-operatório. Não houve nenhum óbito.

CONCLUSÕES

Conclusão: Constatou-se que o perfil epidemiológico encontrado foi crianças com faixa etária mediana de 3 anos, brancas, do sexo feminino, sem comorbidades prévias. Todas foram submetidas a decorticação pulmonar, com melhora do quadro pulmonar.

Área

CIRURGIA PEDIÁTRICA

Instituições

UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE - Santa Catarina - Brasil

Autores

HENRIQUE LEANDRO BRAZ