Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


TÍTULO

AVALIAÇAO DA CONTAMINAÇAO AMBIENTAL EM UM CENTRO CIRURGICO LOCALIZADO EM UM HOSPITAL NO NOROESTE PAULISTA

OBJETIVO

Avaliar a contaminação por microrganismos de materiais e objetos presentes no ambiente cirúrgico.

MÉTODO

A pesquisa foi realizada por um período de doze meses, no Centro Cirúrgico de um hospital do município localizado no interior do estado de São Paulo. As amostras foram coletadas em triplicata, por meio de swab estéril embebido em solução fisiológica estéril a 0,85%, sendo esfregados nas superfícies na forma de zig zag, posteriormente depositados em tubos contendo meio de transporte estéreis, os quais foram devidamente identificados, e em seguida transportados em caixa isotérmica com gelo descartável. Foram colhidas amostras dos equipamentos, portas, mesas, chão, pias e do instrumental estéril. Para avaliação microbiológica, as amostras foram submetidas à diluição seriada em solução de NaCl (0,85%) e cultivadas em diferentes meios seletivos e não seletivos, incubadas a 35o C por 24-48 horas para bactérias e os fungos por 5-10 dias. As culturas bacterianas positivas foram avaliadas pela coloração de Gram e agrupadas em gram positivas e gram negativas, para posterior identificação pelos métodos bioquímicos convencionais. Os fungos foram analisados pelas características macroscópicas e microscópicas utilizando azul de algodão.

RESULTADOS

Foi observado que o numero de unidades formadoras de colônias foi baixa no centro cirúrgico, sendo nula nos instrumentais que passaram pelo processo de esterilização em autoclave. Verificou-se presença de fungos filamentosos e leveduras dos gêneros Rhizopus e Candida, respectivamente, assim como bactérias identificadas como Bacillus spp e Micrococcus spp nas superfícies do chão e pia. Staphyococcus coagulase positiva foi isolado da porta do paciente e do botão do equipamento de eletrocardiograma. Nas portas, feminina e masculina dos funcionários, foi isolado Staphyococcus coagulase negativa.

CONCLUSÕES

Nas portas, feminina e masculina dos funcionários, foi isolado Staphyococcus coagulase negativa. Conclusão A presença destes microrganismos no centro cirúrgico pode ser endógena, ou proveniente de fontes exógenas como dos membros da equipe cirúrgica, do ar da sala operatória, e de instrumentos e materiais levados ao centro cirúrgico pelos profissionais da saúde.

Área

EXPERIMENTAL / PESQUISA BÁSICA

Instituições

UNIVERSIDADE BRASIL - Sao Paulo - Brasil

Autores

Tricia Aline Ribeiro Pattini de Souza, Gustavo Rivelli Lamblogia, Amanda Oliva Spaziani, Guilherme Rivelli Lamblogia, Dora Inés Kozusny Andreani